Pesquisar este blog

sexta-feira, 4 de julho de 2008

Caso resolvido! (gente intrometida - continuação)

Ele prometeu, ele cumpriu.
-Teatro Guaíra!
-Alô, gostaria de falar com a Dona Olamira (espero ter escrito seu nome corretamente).
-Ele não chegou ainda. É só com ela?
-Sim (então ele explica a história).
-Ah, só um momento, deixa eu ver se alguém sabe.
Passam alguns segundos
-Quem quer falar com ela?
-O Robinson.
Mais alguns minutos.
-Alô.
-Olá, é a Olamira?
-Quem é você?
Então ele explica a história de novo. Ela pergunta seu nome de novo, pede um momento, ele fica ouvindo o rádio dela que estava ligado tocando Leandro e Leonardo, ele a ouve reproduzir a história e logo ela retorna:
-Ah sim, achei. (ela repete seu nome e o nome da irmã). Aconteceu que entregaram aqui dizendo que era a para uma peça que acontecia no Guaíra, e tinha uma peça para acontecer no guairinha, então guardei as flores e fiquei esperando o pessoal chegar e não veio ninguém. Agora entendi o que aconteceu.
Enfim, caso resolvido. Ele liga para o cunhado II apenas para explicar o ocorrido e que tudo "corria" bem e o cunhado mais do que bondoso, foi lá buscar as flores e o chocolate no Teatro. Mesmo ele dizendo que poderia buscar (mesmo que de onib.. cof cof ele iria).
Ele não encontra palavras de gratidão para poder dizer ao cunhado II, acho que logo ele encontra uma forma de retribuir a gentileza. Ele ainda está emocionado.