Pesquisar este blog

terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Faltam palavras

Já não sabe mais o que quer. Se fica ou se vai. Se chora ou se sorri. E agora? Querendo falar e as palavras não vêm. Ah... as palavras! São muito úteis em alguns casos, tão dispensáveis em outros, tão amargas e que podem ser tão doces. Podem matar ou podem morrer, podem nos sufocar ou nos fazer respirar ar novo. As palavras!
Palavras que agora lhe faltam, então qual a alternativa para se expressar? Talvez uma música, um gesto, uma caminhada por aí? Não sabe... ele vai procurar!