Pesquisar este blog

segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

Dia qualquer

Um dia em que ele quis desistir de tudo e um dia em que tomou decisões importantes.
Sim, ele queria chutar o balde e sair pelo mundo afora sem destino e sem razão. Pensou um pouco, e quase o fez. No final das contas, se jogou de cabeça em uma nova aventura, vai fazer o que todos querem que faça há anos: Vestibular.
Faculdade deu um empurrãozinho em sua vida, parte dele se motiva e outra parte desiste no meio caminho. Qual delas vai vencer? Ele se sente numa rua sem saída e não consegue fazer a volta para tentar pegar outra rua.
E mudando de assunto, ele gostaria de saber por que as pessoas prometem o que não podem cumprir? E quando se dão conta disso, elas passam a te ignorar? Não é mais fácil chegar e falar a verdade?
Enfim... um dia vazio que foi cheio. Será que ventos novos e revigorantes estão soprando por aí?