Pesquisar este blog

domingo, 6 de fevereiro de 2011

Você é o que é.

Você não era assim, você nasceu assim. Por mais que tente mudar ou tente nos convencer de que está diferente, não vai adiantar. Um dia a sua essência vem à tona reclamar aquele ser que você tentou deixar escondido em algum cantinho da sua alma. E quando esse dia chega, suas garras sobressaem e suas atitudes tomam rumos extremos e doentios, fere os que estão ao seu redor e nem se dá ao trabalho de olhar para trás para ver se sobrou alguém em pé. Aprenda a dosar o seu Ser, administre o seu Estar e então um dia, quem sabe, poderá Existir entre aqueles que são seus iguais.