Pesquisar este blog

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Count on me

Hoje eu não queria ter saído de casa. Eu não quis ouvir música e muito menos dançar. 

Não posso dizer que sinto a sua dor, mas se você a sente, então me machuca também. 

Gostaria de poder mudar o curso da história, mas certas coisas não podem ser mudadas, quando a hora chega, ela não vê a quem, apenas leva embora e nós, que ficamos aqui, sofremos mais. 

Gostaria de poder falar coisas belas e acalentar seu coração, gostaria de te pegar no colo e te fazer dormir, gostaria de cessar a a sua dor e devolver o colorido ao seu mundo. 

Talvez eu possa conseguir tudo isso, talvez eu nem precise tentar, mas saiba que comigo, sempre poderá contar.