Pesquisar este blog

domingo, 28 de outubro de 2012

Vamos evoluir

Duas ocasiões parecidas, dois momentos diferentes, duas festas à fantasia, dois públicos diferentes. Na primeira deu tudo certo, todos nem ligaram pelo fato dele estar usando vestido, maquiagem, salto e peruca. Muitas pessoas acharam o máximo e até o adicionaram no facebook depois. Já na outra, as pessoas nem chegavam perto dele, o mediam, e foi quase que uma segregação só, ainda bem que tinham amigos ali e ele estava praticamente em casa, então danem-se os outros. 
O preconceito estava claro e estampado na cara das pessoas. E ele achando que isso era coisa de outro mundo. As pessoas têm preconceito, isso é fato, mas o que elas fazem com ele é que não se pode ser aceito. Vamos evoluir um pouquinho, humanidade?