Pesquisar este blog

sexta-feira, 18 de maio de 2012

Crimson

Ao ver aquele vermelho-sangue, ela lembrou-se de que já não era mais a mesma. Quando poderia voltar a viver novamente? Quando poderia pensar em gostar de alguém novamente? Talvez fosse melhor ficar sozinha. Mas justamente quando decide viver por si só, é quando ela é abordada constantemente por outros rapazes. Alguns deles, antigamente, jamais se interessariam por ela. 
Por enquanto ela segue confusa, não sabe quando dizer a verdade ou se um dia dirá, mas não pode ser injusta com o próximo que resolver ficar ao seu lado, se ele aparecer. 
Neste momento ela saiu de cena e os vizinhos estranharam, não mais viam movimentação naquela casa estranha. Que será que havia acontecido com aquela moça misteriosa? Mistério este que todos insistem em chamar assim, porque na verdade todos já sabiam de quase tudo, mas preferiam manter em silêncio. Agora todos se perguntam: por onde anda Madame Chá? Todavia, ninguém se atreve a tocar a campanhia.