Pesquisar este blog

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Por que ele não ficou dormindo?

Após semanas de alterações em seu relógio biológico (indo dormir quando o sol nasce e acordando quando ele se põe), é claro que na véspera de voltar ao trabalho não seria diferente.
Ele decide "passarei a noite em claro". E assim o fez. O sucesso só não foi absoluto pois quando o relógio marcou cinco e meia da madrugada ele adormece. Então a música do despertador de seu celular começa a tocar "já são 06:40", ele pensa. Como sempre, liga o soneca e pega no sono de novo.
Agora já são 07:20 e ele resolve, finalmente, levantar. Ao invés da correria de sempre, ele faz tudo com muita calma. Até sentou-se para tomar café da madrugada, algo que ele nunca faz. Sai sempre de barriga vazia, pois sempre está atrasado e nunca sente fome antes das nove da manhã. Com esta pressa toda, é óbvio que ele se atrasou, chegou vinte minutos atrasado. Entra correndo na sala e... cri cri cri.
Tudo apagado, mesas e cadeiras de pernas para o ar, computadores desligados. Ainda não reformaram a sala, só tiraram as coisas do lugar. "E agora? O que eu faço?" pensou ele. Mentira, na verdade bem verdadeira ele pensou "What the fuck am I doing here?!". Encontrou a responsável por ele enquanto chefe de verdade estava em férias e ela:
- Vamos acomodar a todos os estagiários na parte de trás da sala. Você ajuda a arrumarem as mesas? Não podemos interromper o trabalho de vocês por conta dessa reforma.
E ele pensou "Interromper o quê?! Não tem p#**@ nenhuma para se fazer aqui, a não ser que os nossos coordenadores voltem".
Já eram dez horas da manhã e ele era o único estagiário que ali estava, isso que eles somam treze. Por fim ele resolveu pegar o seu computador, levar para uma das mesas provisórias, ligou tudo na tomada e logo começaram a chegar os outros e começaram a se organizar, quem senta onde e tudo e tal. 
Meio-dia e ele descobre que o seu contrato de estágio estava cancelado e ele não precisava ter ido trabalhar naquele dia. Só poderá voltar depois do carnaval.
"Ainda bem que não está chovendo" pensou ele. Pegou suas coisas e foi para casa.